O Dia da Lógica Modal

Loading Map....

Date/Time
Date(s) - 13 Dec 2011
1:00 PM - 5:45 PM

Location
Sala de Reuniões do DIMAp

Category(ies)


 

 

Programação

13h-13h30

BREVÍSSIMA INTRODUÇÃO À LÓGICA MODAL

— João Marcos

13h30-14h45

LÓGICA TEMPORAL

— Haniel Barbosa

Resumo: Será feita uma introdução à Lógica Temporal, uma extensão da Lógica Modal que possibilita a representação de conceitos como “passado”, “futuro”, “antes”, “depois”, etc.  Serão apresentados diferentes sistemas que lidam com as várias formas como podemos pensar o tempo, mostrando suas definições, semântica e resultados importantes. Aplicações em diferentes áreas também serão exibidas, desde Linguística à Ciência da Computação.

14h45-16h

LÓGICA EPISTÊMICA

— Sanderson Molick

Resumo: Embora o nascimento da lógica epistêmica seja creditado a Jakko Hintikka, as discussões sobre a natureza da crença e do conhecimento já remontam ao filósofo grego Platão.  Os trabalhos de Hintikka são conhecidos por abandonarem a interpretação alética da lógica modal em função de uma interpretação que objetiva modelar as modalidades de conhecimento e crença.  Esta comunicação objetiva apresentar os principais sistemas de lógica epistêmica, bem como algumas discussões e aplicações em outras áreas do conhecimento.

16h-16h15

BREAK (hopefully with coffee)

 

16h15-17h30

LÓGICAS MULTIMODAIS

— Adriano Dodó

Resumo: Que relação existe entre lógicas temporais e lógicas epistêmicas? Ambas são casos especiais de lógicas multi-modais.  Tais lógicas são originadas quando diferentes modalidades são combinadas.  Como combinar modalidades?  Qual a estrutura e a semânticas das fórmulas nessas lógicas?  Há diversas aplicações para Lógicas Multi-modais — em Ciências da Computação, por exemplo, elas podem ser usadas para descrever o comportamento de programas de computadores.

17h30-18h45

LÓGICA MODAL QUANTIFICACIONAL

— Carolina Blasio

Resumo: Esta comunicação tem como objetivo apresentar a Lógica Modal Quantificacional.  Esta lógica de maior poder expressivo possui a mesma linguagem da Lógica Quantificacional de Primeira Ordem acrescida dos operadores modais.  Apesar de pequeno, este acréscimo na linguagem gera conseqüências drásticas na semântica, como a existência de princípios mistos que exibem inter-relações entre operadores modais e quantificadores, ou seja, princípios que não são apenas generalizações da Lógica Modal Proposicional ou da Lógica Quantificacional Clássica.

Leave a Reply